Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/1079
Título: Trabalho, desenvolvimento e satisfação profissional de professores dinamizadores de programas específicos de recuperação de escolaridade.
Autor: Botelho, Ana Beatriz Gouveia
Orientador: Mira Leal, Susana
Palavras-chave: Professor
Satisfação Profissional
Data de Defesa: 2-Fev-2011
Resumo: O fim do Estado Novo abriu a escola a todas as crianças do país. Este fenómeno contribuiu para a heterogeneidade da população escolar, um dos principais desafios da escola de hoje. Como resposta a esta diversidade, o país abraçou várias reformas educativas de forma a promover a igualdade de oportunidades e a combater o elevado abandono e insucesso escolar. A implementação de Programas Específicos de Recuperação de Escolaridade (PERE) foi uma das medidas adoptadas na Região Autónoma dos Açores para fazer face ao problema. É sobre estes programas, particularmente sobre o programa Oportunidade actualmente em vigor na nossa Região, que se debruça esta investigação. O estudo pretendeu caracterizar os professores envolvidos nesses programas, as suas representações acerca da relevância e impacto educativo desses programas, das características dos alunos que os frequentam, da formação e acompanhamento que lhes têm sido disponibilizados e ainda do impacto do envolvimento em programas desta natureza no seu desenvolvimento e satisfação pessoal e profissional. Trata-se de um estudo qualitativo, que recorreu à entrevista como instrumento de recolha de dados. Foram entrevistados 15 professores do 1.º e/ou 2.º ciclo que leccionavam no ano de 2009/2010 o programa Oportunidade I, na ilha de S. Miguel e envolveu professores de todos os concelhos da ilha, abrangendo 8 escolas básicas integradas. Os resultados sugerem que a maioria dos professores que lecciona nestes programas tem alguma experiência profissional e fá-lo por opção própria, revelando-se satisfeitos profissionalmente. A maioria tem uma representação positiva da relevância desses programas, embora lhes aponte algumas falhas, registando falta de formação e informação sobre o funcionamento e desenvolvimento daqueles. A maioria vê os alunos de PERE como sendo crianças muito carentes a nível afectivo, pertencentes a meios socioeconómicos baixos e com muitas dificuldades ao nível cognitivo e atitudinal e é para o desenvolvimento de competências sociais que orientam a sua acção em primeiro lugar. Ainda assim, a maioria considera que trabalhar com estes alunos é uma experiência positiva, quer a nível profissional, quer a nível pessoal, contribuindo para o seu desenvolvimento e satisfação profissional.
ABSTRACT: The end of the New State (the Portuguese authoritarian regime installed in 1933) made school accessible to all the children’s country. This phenomenon contributed to the school’s population heterogeneity, one of the main challenges of the school of today. Facing this diversity, the country performed several educational reforms in order to promote opportunities’ equality and, at the same time, to fight against the high dropout school rate and academic failure. The implementation of Specific School Recuperation/recovery Programs (PERE) was one of the measures adopted in the Azores to face up the problem. It is about programs such as these, especially about the Opportunity program, that this report is about. The study aimed at the characterization of the teachers who are involved in these programs, their representations about relevance and educational impact of these programs, the characteristics of students who attend these same programs and still what role does this program play in the student’s personal and professional satisfaction. It is a qualitative study that used interview as an instrument to collect data. Fifteen teachers, who taught the Opportunity program in primary school and/ or lower secondary in 2009/2010 school year, were interviewed. Teachers from all over the São Miguel Island took part in this study, including 8 primary schools. The results suggests that the majority of teachers, who teaches these kind of programs, have some professional experience and they teach it because they choose to, turning out to be pleased at the professional level. The majority has a positive representation of these programs’ relevance, though they find some flaws in it, indicating lack of education and information about the functioning and development of the programs. The majority sees the students from PERE as being children deprived from affection, students that come from lower socioeconomic environments, they have many difficulties at the cognitive and attitude level and it is towards the development of their social abilities that they determine their action in the first place. Nevertheless, the majority considers that working with these students is a positive experience whether at a professional level or personal, contributing for their own development and professional satisfaction.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Supervisão Pedagógica.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/1079
Aparece nas colecções:DEDU - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoAnaBGBotelho2011.pdf1,16 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.